terça-feira, 11 de janeiro de 2011

A imortalidade humana – parte 2 - A sociedade dos imortais

Na primeira parte desse artigo abordei os avanços da ciência e algumas possibilidades de se estender a vida de uma pessoa por tempo indeterminado e, pelo que já foi apresentado pelos cientistas, essa não é uma possibilidade muito distante de acontecer. Mas imaginemos que esse dia tenha chegado e estamos diante da possibilidade de viver eternamente, o que isso poderia acarretar tanto nos aspectos sociais quanto nos éticos?


Médicos enganando a morte (Fonte: knol.google)

Primeiro teríamos que saber como seria possível essa questão, se seria por meios médicos, tecnológicos, os dois, ou algum outro meio. Pelo aspecto médico, temos as possibilidades de medicamentos que retardam o envelhecimento e a injeção de células-tronco e de telemorase, substituindo aquelas que se danificaram e mantendo os telômeros inteiros nos cromossomos, respectivamente. Tal tratamento não será barato com certeza, logo, poucos terão acesso, eis a primeira questão. Uma das principais características do mundo globalizado é a concentração de renda nas mãos de poucos, sendo que, um continente inteiro pode estar mergulhado na pobreza enquanto outros possuem boa parte da riqueza do mundo. Se apenas alguns têm acesso à vida eterna e, conseqüentemente, a uma saúde superior a da maioria, seria esse um dos principais fatores para o aumento de mais diferenças sociais e econômicas entre os povos. Imagine tal possibilidade na época do nazismo? Quem não garante que futuramente surja um outro maluco determinando que a raça dele é a suprema? Sem falar na possibilidade de um ditador como esse viver por tempo indeterminado! O fator imortalidade física poderia ser usado tanto para o bem como para o mal, pois o mundo é repleto de boas e más intenções.


Superpopulação (Fonte: planetasustentável)

Outra questão preocupante seria o fato de que, alguém conseguir retardar sua velhice não o exime de executar atividades vitais para que seu corpo continue funcionando, tais como comer e respirar. Mas se um homem com tal capacidade pode viver por tempo indefinido, se renovando constantemente, o mesmo não pode ser dito dos recursos naturais que a Terra oferece. Todos sabemos o quão limitado é o recurso hídrico potável disponível atualmente, e muitos cientistas já apontaram a escassez de água potável como um dos principais fatores de disputa entre as nações do mundo daqui há alguns anos. Se uma parte da população não morre, o índice de mortalidade diminui significativamente, em conseqüência disso, o índice de natalidade sobe, logo o número de pessoas que nasceriam seria maior do que o número de pessoas que morreriam, assim, dentro de pouco tempo, o número crescente de pessoas no planeta iria disparar e a briga por recursos naturais seria feia, não só a água, mas petróleo e outros recursos, além de alimentos essenciais à subsistência humana. Os primeiros a sofrer prejuízos significativos seriam as populações mais pobres e o controle de natalidade, que já existe em países super populosos como a China, iria se estender a nível mundial.



Recursos naturais utilizados pelo homem (Fonte: meioambiente.culturamix)

Dentro da sociedade dos imortais, muita coisa teria que ser rediscutida. Já imaginou como funcionaria a aposentadoria para os trabalhadores? Se você não tem prazo para morrer, não terá prazo para receber também. E se o trabalhador ficasse inválido, teria que receber aposentadoria eternamente? Teria o governo, recursos suficientes para isso? Como seria a rotatividade nas empresas? Será que jovens teriam espaço no mercado? Acho que provavelmente o número de desempregados também aumentaria por falta de vagas no mercado de trabalho. E você já pensou na possibilidade de ser um funcionário público e passar uns 500 anos exercendo a mesma atividade? Seria necessário trocar de profissão periodicamente pra não enlouquecer, sem falar que o indivíduo teria condições de aprender vários idiomas, acumulando bastante sabedoria.  Em falar nisso, imagine como seria a casualidade de acumular conhecimento indefinidamente, pois não envelhecendo mais, você seria capaz de abstrair toneladas de informações, poderia pirar como muitos que estudam em excesso.


Pessoas imortais trabalhariam centenas de anos fazendo a mesma coisa (Fonte: blog.pedrobachiega)

E do ponto de vista familiar? As famílias seriam enormes e conviveríamos com nossos tataravôs, teríamos mais casamentos ou simplesmente uniões estáveis ‘moderninhas’, levando em conta que a tendência é a de que essas tradições do passado vão se desfazer aos poucos.



Nanorobô restaurando célula (Fonte: inovabrasil)

Agora, se considerarmos os aspectos tecnológicos teremos mais uma série de questões para refletir. Com os avanços científicos nas áreas de nanotecnologia, procedimentos de emergência, engenharia biológica, medicina regenerativa e microbiologia, entre outros, a imortalidade tecnológica tem seu avanço previsto por meios de clonagem, criogenia e nanotecnologia, combinadas entre si. Seria a possibilidade de circularmos por aí com uma série de micro-robôs passeando no nosso corpo e fazendo uma restauração permanente da nossa saúde. Mas como seria nosso dia-a-dia? Seríamos barrados na porta giratória do banco ou no aeroporto e teríamos que ter algum tipo de documentação que provasse a existência de milhares de robozinhos percorrendo nossa corrente sanguínea? E como será que nosso corpo reagiria a meios magnéticos, será que interferiria de alguma forma? Com relação aos órgãos artificiais, será que vai ser tão comum a ponto de encontrarmos um dia uma vitrine no shopping ou mesmo em um supermercado órgãos artificiais para serem vendidos em larga escala, ou melhor, comprar órgãos artificiais pela Internet?


Câmaras de criogenia (Fonte: portalcbpf)

Outra solução encontrada por alguns é a criogenia onde o corpo inteiro do indivíduo ou apenas o cérebro é congelado, fazendo com que o metabolismo e a decadência do corpo permaneçam praticamente parados. É a solução para aqueles que esperam pelo dia em que o segredo da imortalidade seja revelado. É como dar um salto para o futuro: você dorme e acorda daqui a 100 anos ou mais. Agora no caso da conservação do cérebro, ele poderia ser implantado algum dia num corpo artificial, como um ciborgue, só que mantendo a consciência humana. Seria o surgimento do homem biônico? Muito provavelmente...


Transferência da consciência para o meio virtual (Fonte: apocalink)

Para concluir esse cabedal de possibilidades não poderíamos deixar de falar do Mind Upload, ou Transporte da Mente, onde o indivíduo teria sua consciência e memórias transferidas para a interface de um computador. Através de uma sofisticada tecnologia o indivíduo seria capaz de transferir sua consciência para um computador ou para a mente de um recém-nascido, entretanto, no segundo caso, o bebê não desenvolveria sua própria personalidade, mas apenas seria controlado pela mente transferida do sujeito. Dessa forma você poderia regredir para o corpo de um bebê, mantendo todas as suas lembranças e experiências de vida. Alguns estudiosos como os futuristas Moravec e Kurzweil, afirmam que um dia será possível fazer upload da consciência humana para um sistema informático e viver para sempre num ambiente virtual, algo que de longe me lembra Tron. Se pensarmos naquele fator da desigualdade social, cairemos na questão de quem terá e quem não terá acesso a tal tecnologia para viver indefinidamente seja no ambiente virtual ou mesmo no real, transferindo sua mente para o corpo de outra pessoa que perderia a sua e não teria o direito de viver. Pode ser que surja nesse contexto o comércio de corpos vivos para transferências de mente, e quem pagaria o pato dessa vez? O pobre de novo! Poderia se usar a transferência de mente para o líder de uma nação ser controlado pela consciência de alguém de uma nação adversária. Poderia-se usar a transferência de mente para sabotar o desempenho daquele atleta medalhista que não deixa nossa nação ganhar uma medalha olímpica... No fim as possibilidades são infinitas!

(Fonte: ipc3ufabc09)
O que podemos concluir disso tudo, é que o mundo dos imortais seria um caos, ou pelo menos algo que traria mudanças absurdas na maneira de agir dos indivíduos de uma sociedade. Talvez o planeta não suportasse tanta pressão e venha a se acabar de alguma forma e, então, nem mesmo o poder de viver eternamente poderia salvar a humanidade do fim. No próximo capítulo sobre esse assunto de imortalidade vou falar a respeito da existência de seres imortais no mundo animal e vegetal.


            A imortalidade humana – parte 1 – Um sonho cada vez mais real


            A imortalidade humana – parte 3 – Os imortais do mundo animal e vegetal


            A imortalidade humana – parte 4 – Um certo Benjamin Button do mundo animal

3 comentários:

luciano disse...

Fico triste de ver olhares pessimistas para essa questao, e percebi que voce ao postar esse texto so esqueceu uma coisa, NO FUTURO TEREMOS OUTRAS FERRAMENTAS, OUTRAS TECNOLOGIAS.
1-Hoje ja existe uma nanotecnologia que transforma agua do mar em agua potavel
2-Acha mesmo que vamos continuar usando pretroleo nos proximos 100 anos...
3-Usamos somente 10% do cerebro
4-C a imortalidade chegasse hj, Seu preço seria abdicar a reproduçao.
5-Muito antes de nos humanos estarmos nesse planeta, ele ja esta com os dias contados, assim como td o universo.
6-e cara, Hitler viver pra sempre.... comentario sem noçao, Pessoas mas Hj podem morrer, mais tbm podem nascer, exemplo disso e Osama Binladen
7-E talvez te anime isso, mais sistema captalista nao durara pra sempre nao viu... desilgualdade s diminui, ainda tem muito, sei mais ta diminuindo a cada ano, em questoes fundamentais, como saude, infraestrutura e outros.... Graças a deus vc nao faiz parte de nenhuma revista que tenha mesmo influencia... seu pessimismo e um atraso a humanidade.

Infinite Mijinian disse...

Vamos lá:

"Fico triste de ver olhares pessimistas para essa questao, e percebi que voce ao postar esse texto so esqueceu uma coisa, NO FUTURO TEREMOS OUTRAS FERRAMENTAS, OUTRAS TECNOLOGIAS."

Não nego que devido aos avanços tecnológicos o cabedal de possibilidades a favor da humanidade também é muito grande. Então fazer suposições sobre o futuro é como atirar no escuro, não há como determinar como serão os próximos 100 anos. É apenas uma opinião. E esse é o intuito do meu blog, gerar polêmica.

"1-Hoje ja existe uma nanotecnologia que transforma agua do mar em agua potavel"

Existem também as colunas de dessalinização, além de outros meios que tornam a água potável, entretanto, quando é que isso vai ser feito numa escala que atenda uma grande população mundial que cresce exponencialmente? Ninguém sabe.

"2-Acha mesmo que vamos continuar usando pretroleo nos proximos 100 anos..."

Provavelmente não, mas o ponto de vista abordado aqui era o da imortalidade nos tempos atuais, e nos tempos atuais o petróleo ainda é o principal combustível utilizado e é fator de riqueza em muitos países como ocorre com alguns do Oriente Médio. Agora mesmo que ele venha futuramente a deixar de ser uma das principais opções de combustível disponíveis, a má utilização de recursos naturais como este sempre gerará disputa entre os povos.

“3-Usamos somente 10% do cerebro”

De fato, e vamos continuar a usar.

“4-C a imortalidade chegasse hj, Seu preço seria abdicar a reproduçao.”

Continuo pensando que se a imortalidade existisse hoje, ela seria para poucos, não estaria disponível para as camadas mais pobres da população mundial e, talvez, nem para as não tão pobres devido ao alto custo que seria despendido para manter tal tratamento. Por essa razão essas mesmas camadas continuariam a se reproduzir e provavelmente a crescente taxa de natalidade ia exigir medidas mais drásticas como controle de natalidade, semelhante ao que ocorre atualmente na China.

Infinite Mijinian disse...

“5-Muito antes de nos humanos estarmos nesse planeta, ele ja esta com os dias contados, assim como td o universo.”

Concordo em parte. Mesmo se o homem se tornasse imortal ele não poderia viver eternamente porque o que existe ao redor dele não é eterno, nem mesmo o planeta. Mas a possibilidade de algo drástico ocorrer com a Terra, pelo menos do ponto de vista astronômico, é remota, pelo menos pelas próximas centenas de anos. Contudo, ela pode estar com os dias contados devido à intervenção do próprio homem que a destrói gradualmente. Com relação ao universo, para mim ele não está com os dias contados, e sim em constante expansão.

“6-e cara, Hitler viver pra sempre.... comentario sem noçao, Pessoas mas Hj podem morrer, mais tbm podem nascer, exemplo disso e Osama Binladen”

Pelo que você disse, me parece que não entendeu meu ponto de vista. Eu falava da questão de uma tecnologia como essa cair nas mãos de uma minoria privilegiada e esta querer utilizá-la apenas para seu benefício. Em momento nenhum falei sobre Hitler viver para sempre, eu falei que essa tecnologia poderia cair nas mãos de um líder de um grupo extremista e que este poderia utilizá-la para subjugar outros povos, principalmente em contexto de guerra. E tudo isso independente do líder extremista ter vida eterna ou não. Sim, eu sei que pessoas más como Osama Bin Laden surgem por aí, assim como pessoas boas como Gandhi também.

“7-E talvez te anime isso, mais sistema captalista nao durara pra sempre nao viu... desilgualdade s diminui, ainda tem muito, sei mais ta diminuindo a cada ano, em questoes fundamentais, como saude, infraestrutura e outros.... Graças a deus vc nao faiz parte de nenhuma revista que tenha mesmo influencia... seu pessimismo e um atraso a humanidade.”

Realmente, o sistema capitalista não durará para sempre, até porque, como você mesmo disse, a Terra está com os dias contados né? Em relação à desigualdade, não creio que seja tão simples dizer que ela está diminuindo só porque você acha que as questões fundamentais como saúde, infraestrutura e outras estão melhorando. A gente pode dizer por exemplo que o Brasil goza de uma realidade promissora onde nossa sociedade tem se desenvolvido em vários aspectos. Mas vá analisar a realidade de outros países para ver como a realidade é completamente oposta à que você citou, até mesmo na Europa alguns países estão atravessando crises gravíssimas e estão regredindo ao invés de avançar. É uma visão pessimista, sim, mas é sua opinião, não estão aqui impondo-a como se fosse a verdade absoluta.
Agradeço por você ter visitado o meu blog e não acredito que a forma como coloquei o assunto aqui seja em si uma forma de atraso para a humanidade. Mas acredito que pessoas como você, que não conseguem compreender ou aceitar certas opiniões é que são na verdade um atraso. Diante de tudo que você colocou termino minha resposta com um agradecimento mais uma vez pela sua visita e aguardo novas análises nos próximos artigos.

(É bom lembrar que o artigo em questão trabalha no campo da suposição, não estou afirmando que o futuro será de determinado jeito, apenas apresentei uma situação hipotética para ser discutida, obrigado).

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...