terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Cabelos de anjo – Vestígios de visitantes do espaço

O fenômeno do cabelo de anjo é algo bem conhecido entre os ufologistas. Filamentos semelhantes a teias de aranha e fios de cabelo branco, às vezes em forma de flocos, foram vistos caindo do céu em algumas ocasiões da história, nos locais mais diversificados do mundo. Tal substância ao menor contato físico se desintegra com facilidade e geralmente é vista precipitando por sobre as casas, cercas, árvores e redes elétricas. Em algumas ocasiões dizem que essa sublimação vem acompanhada de um rastro de vapor ou fumaça azul. Uma das principais características atribuídas a esse fenômeno é o fato de avistamentos de OVNIS serem relatados antes da misteriosa substância surgir do céu e cair pelas proximidades do local, onde discos voadores teriam sido encontrados.

Cabelos de anjo (Fonte: www-ufologia)
Alguns exemplos do surgimento dos cabelos de anjo serão listados a seguir:

- Em 1477, no Japão, foi relatado que um material semelhante a algodão branco caiu seis horas depois que um objeto luminoso atravessou o céu;

- Em 1596, no Japão, um terremoto atingiu a região Quioto durante a noite e estranhos cabelos brancos caíram sobre a região;

- Em 1702, mais uma vez no Japão, ao meio-dia, pessoas presentes no local alegam ter visto o sol mudando de cor para um vermelho-sangue. Logo em seguida, finíssimas  cordas de uma substância semelhante ao algodão branco foram contempladas caindo no chão.

- Em 1945, nos EUA, um homem estava caçando quando viu um OVNI em uma clareira na floresta. O misterioso objeto, em seguida, emitiu um som de zumbido, começou girar e subiu verticalmente. Logo após ter desaparecido, ele descarregou uma chuva de material de fios prateados.

- Em 1952, na França, objetos voadores em formato de pires foram vistos viajando em pares em um movimento de zig-zag. Estes objetos deixaram longas trilhas que caíram cobrindo as árvores, os fios de telefone e as casas.

- Em 1954, na França, uma misteriosa explosão foi ouvida, o suficiente para fazer as telhas das casas tremerem. Poucos minutos depois, fios brancos precipitaram-se nos campos e as pessoas que se encontravam no local, ao tocar o material, notavam que ele se evaporava.

- Também em 1954, na França (especificamente no dia 13 de outubro), uma testemunha relatou ter visto um disco branco enorme que se deslocava a uma grande velocidade. De repente ela explodiu em pleno vôo e um objeto menor de prata parecia ter sido arrancado do maior com a explosão e continuou em uma trajetória para o sul. Os restos do disco caíram suavemente como papel picado.
- Em 1998, em Quirindi na Austrália, uma senhora de 61 anos de idade disse ter visto teias de aranha caindo do céu. Ao olhar para cima, viu cerca de vinte esferas de prata, que continuaram flutuando no céu por mais de uma hora e meia. Quando ela tentou pegar a substância, ela se desintegrou em suas mãos.

- Em 2000, os moradores de duas cidades ao norte da Itália reportaram um grande barulho, seguido por uma chuva de "longos filamentos brancos descendo do céu."


UFOs (Fonte: openminds)

Os cabelos de anjo nunca estiveram na vanguarda das pesquisas feitas pela ufologia moderna devido a um número não muito grande de relatórios feitos a respeito do assunto e ao fato de muitos aceitarem a linha ortodoxa de que o cabelo de anjo seria na verdade teias de algumas espécies de aranha, que são capazes de migrar utilizando a técnica do balonismo, onde elas viajam pelas correntes de ar usando uma teia de aranha como se fosse um pára-quedas.


Coleta de cabelos de anjo (Fonte: openminds)

Muitos céticos apontam para um artigo escrito pelo pesquisador Brian Boldman que apoia a hipótese da teia de aranha. Nela, ele apresenta sua tese de que os cabelos de anjo deixado por OVNIs, de fato, seriam bolas estaticamente carregadas de teia de aranha. A hipótese do balonismo empregado por algumas aranhas está solidamente apoiada pelo fato de que o fenômeno do "cabelo de anjo" teve ocorrências regulares em torno de outubro, a época habitual das migrações dessas aranhas. Na verdade, a onda de OVNIs de 1954 - que continha várias instâncias de cabelo de anjo - foi concentrada em torno do mês de outubro. Logo, a possibilidade de se considerar estas ‘esferas’ como bolas estáticas de filamentos de teias de aranha pode também ser apoiada pelo fato de que elas são muitas vezes vistas em formação, se unindo umas às outras. Isso pode ser constatado nos seguintes exemplos:


-Em 1952, na França, dois objetos vistos no céu pareciam estar ligados por uma trilha esbranquiçada, como um arco elétrico. Posteriormente, Cabelos de anjo caíram do céu.
-Em 1953 (dia 13 de outubro, outra vez), quatro objetos redondos foram flagrados por uma mulher depois que um bando de perus que ela estava alimentando ficaram alarmados. Ela disse que um dos objetos parecia voar à frente do resto, com os outros três que pareciam estar ligados entre si.
-Em 1954, ao longo de vários dias, milhares de testemunhas avistaram pontos luminosos sobrevoando Roma, na Itália, agrupados em forma de “V”, e logo depois mudaram para a forma de diamante e de uma cruz. O avistamento foi seguido pela queda de cabelos de anjo.
-Em 1968, no Canadá, um fazendeiro viu três objetos sobrevoando o céu. Dois dos UFOs pareciam estar conectados por um arco longo, que pareceu esgarçado do terceiro objeto separado. Depois disso longos filamentos brancos caíram sobre a fazenda.
 -Em 1971, na Austrália, globos branco-prateado, foram relatados. Muitos pareciam ser "duplos" com um fio de adesão ou de corda, movendo-se de uns para outros. Os objetos foram vistos se movendo em direções diferentes, e também mudavam de direção de repente (o que parece ser argumentável se considerar o vento como propulsor). Logo em seguida, cabelos de anjo foram encontrados no chão, derretendo quando tocados.

Pessoas fotografando o fenômeno numa floresta (Fonte: burlingtonnews)

Apesar do relatório de Boldman ser o principal indício para contestar o fenômeno dos cabelos de anjo, um artigo mais recente do mesmo pesquisador refuta as conclusões tiradas no artigo anterior. Ele diz o seguinte:

Se teias de aranha são cabelos de anjo, então temos sido vítimas de uma piada cruel da natureza, pois existe muita semelhança entre os dois fenômenos distintos, tanto na aparência como no padrão. Mas eu considero a hipótese da teia de aranha como uma falsa questão... a evidência esmagadora de que os casos em que aparecem cabelos de anjo são de fato relacionados a UFOs verdadeiros e fornecem mais evidências de sua realidade. Ambos, os OVNIs e os cabelos de anjo, merecem a devida atenção da comunidade científica.

Cabelos de anjo (Fonte: muitosposts)
A explicação do balonismo das aranhas é, sem dúvida, prosaica para explicar o fenômeno dos cabelos de anjo, pois se analisarmos os casos relatados, percebemos que as esferas muitas vezes circulam em direções opostas e, também, ficam estáticas no ar, pairando e fazendo voltas. Já uma bola de teia de aranha normalmente seguirá a direção para onde sopra a brisa. Além disso, teia de aranha normalmente não se dissolve nas mãos dos seres humanos (ou mesmo antes de atingir o solo). Outro fator é a enorme quantidade de cabelos de anjos surgida em determinados casos, o que também conta contra a teoria inicial de Boldman. Enquanto as teias de aranhas cobre uma minúscula porção de terra, os cabelos de anjo podem cobrir muitos quilômetros quadrados de uma só vez. Outro dado interessante é que as amostras que foram coletadas da substância foram levadas para análise em laboratórios, mas tal análise geralmente terminava em confusão e ninguém foi capaz de igualar a substância com teia de aranha. No entanto, quatro análises separadas resultaram na detecção de silício, cálcio, magnésio e boro, respectivamente. Apesar da presença dos três primeiros elementos serem plausíveis, a presença de boro continuam a ser algo intrigante para os cientistas e estudiosos.

A semelhança entre teias de aranha e cabelos de anjo são notáveis (Fonte: coxbuilder)
Atualmente a dúvida a respeito dos cabelos de anjo permanece, mas muitos biólogos continuam defendendo a tese de que tudo não passa mesmo de teias de aranhas de algumas espécies que vivem na copa das árvores e se movem voando  através das correntes de ar.

Cabelos de anjo em close (Fonte: ufo)


3 comentários:

Tiago Sabino disse...

Interessante esse artigo, eu já tinha ouvi falar um pouco sobre isso, mas particularmente não acredito que seja o que os Ufólogos pensam. Na verdade os "cabelos de anjo" também chamadas de "FIBRALVINA" (Pelo menos por alguns) são uma substância orgânica viscosa, de cor esbranquiçada que possuem vários elementos químicos da natureza como sódio, hidrogénio, oxigénio, estanho, boro, cálcio, magnésio e silício. Pode ser tanto teia de aranha, como também alguma outra substância produzida pela própria natureza. Agora é bem interessante pensar em outras coisas, já que estamos em um blog que trata de vários assuntos, falar de citações bíblicas nesse momento que pode ser "de algo semelhante" aos cabelos de anjo.
No livro de Êxodo cap 16 tem uma parte que fala:

11. E o SENHOR falou a Moisés, dizendo:
12. Tenho ouvido as murmurações dos filhos de Israel. Fala-lhes, dizendo: Entre as duas tardes comereis carne, e pela manhã vos fartareis de pão; e sabereis que eu sou o SENHOR vosso Deus.
13. E aconteceu que à tarde subiram codornizes, e cobriram o arraial; e pela manhã jazia o orvalho ao redor do arraial.
14. E quando o orvalho se levantou, eis que sobre a face do deserto estava UMA COISA MIÚDA, REDONDA, MIÚDA COMO A GEADA SOBRE A TERRA.
15. E, vendo-a os filhos de Israel, disseram uns aos outros: Que é isto? Porque não sabiam o que era. Disse-lhes pois Moisés: Este é o pão que o SENHOR vos deu para comer.
Mais a frente,
31. E chamou a casa de Israel o seu nome MANÁ; e era como semente de coentro branco, e o seu SABOR COMO BOLOS DE MEL.
Também em Êxodo no vers 19 fala:
19. E o anjo de Deus, que ia diante do exército de Israel, se retirou, e ia atrás deles; também a COLUNA DE NUVEM se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles.
Essa parte é interessante por que há correntes dentro da ufologia que especulam que os cabelos de anjo serviriam para ocultar as naves em dias claros.
Bem... Muita coisa em comum. hehehe

Infinite Mijinian disse...

Interessante. Quando fiz este artigo pensei na possibilidade de relacioná-lo com religião também, mais especificamente ao milagre de fátima. Pois alguns dos relatos das crianças que tiveram a visão da santa se encaixam muito bem nas características apresentadas pelos cabelos de anjo, mas como essa abordagem deixaria o texto bastante comprido optei por não levar em conta essa linha de pensamento. Uma outra fonte que pesquisei tinha apresentado a descoberta de que dentro do cabelo de anjo foi descoberto um microorganismo desconhecido. Mas como as fontes referentes a essa história eram insuficientes, deixei de lado também,hehe.
Mas achei muito conveniente as informações extras que você trouxe a respeito do assunto. Obrigado.

Manuella Praseres disse...

Meu Deus, aconteu hoje comigo, exatamente como o ocorrido de 1952, na França. Estou impressionada com o acontecido, parece teias de aranhas, mas bem finas, e da de ver bem do alto, logo em seguida avistei objetos no céu, em formas de pires, e como se tivessem "rabinhos", estavam indo pro Norte, 10/06/2016, Brasil

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...