quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Mudando a Percepção da Realidade - Parte I

Imagine que interessante seria se você fosse capaz de pegar  um pedaço da realidade que seus olhos captam e pudesse alterá-lo a seu bel prazer? Por exemplo, você admira uma paisagem que tem uma ponte no centro, mas esta ponte está destruída, então você pegaria o espaço em que a ponte está destroçada e a restauraria, podendo decorá-la da maneira que mais te agrada e ainda acrescentaria novos elementos, como um casal de namorados observando o céu. Foi exatamente o que pensou o artista plástico Bem Heine a deixar que sua imaginação tomasse conta de parte da realidade que ele percebe.


(Fonte: flickbr)

Auto-retrato de Ben Heine em circulismo digital (Fonte: wolkedesign)

Heine nasceu em 1983 e é natural de Abidjan, na Costa do Marfim, mas atualmente trabalha e reside na Bélgica. Apesar de ter estudado artes e constar como suas atividades a pintura, a ilustração, a caricatura e a fotografia, sua formação é em jornalismo, entretanto, foi nas artes que ele conseguiu se destacar em nível mundial. Através da Internet seu trabalho foi amplamente divulgado em diversos websites e eu não vou deixar de fazer o mesmo, pois é um trabalho que realmente vale a pena ser apreciado. Além disso, ele colaborou com várias revistas e jornais impressos como ‘La Libre Belgique’ (Bélgica), ‘European Voice’ (Bélgica), 'Rolling Stone' (Alemanha), ‘Acque & Terre’ (Itália), ‘Le Monde Diplomatique’, Polish edition (Polônia), ‘Zaman’ (Turquia), ‘The Copenhagen Post’ (Dinamarca), ‘As-Safir’ (Líbano), ‘Al Baath’ (Síria), ‘Europa In De Wereld’ (Holanda), ‘Pulse’ (Grã-Bretanha) entre outros. Ele também trabalhou com diferentes referências on-line como ‘Media With Conscience’, ‘The peoples Voice’, ‘Rebelion’, ‘Point.e’, ‘Le Grand Soir Info’, ‘Axis of Logic’, ‘Cafe Babel’, ‘Tlaxcala’, ‘Uruknet’, ‘Quibla’, ‘Planete Non Violence’, ‘Concorde’, ‘Don Quichotte’, ‘Flesh and Stone’ etc.

(Fonte: humorgrafe)
Sua versatilidade ainda está presente também em criações de capas e ilustrações de autores renomados e participações em Júri de diversos concursos de desenho a nível mundial. Na área da pintura ele foi profundamente influenciado pelo expressionismo alemão, surrealismo belga, Pop’art americana e realismo social.

(Fonte: linea.cafebabel)

Um dos seus principais projetos é o “Pencil Vs Camera”, onde ele usa e abusa da mistura de duas realidades: aquela registrada pela câmera fotográfica e aquela registrada pelo lápis. Essa dualidade de imaginação e realidade entrelaçadas gerou resultados bastante interessantes. Resolvi dividir esse artigo em duas partes para poder mostrar, pelo menos as imagens que considerei mais interessante.

(Fonte: flickbr)
(Fonte: flickbr)
(Fonte: flickbr)
(Fonte: flickbr)
(Fonte: flickbr)
(Fonte: flickbr)
Na segunda parte deste artigo vou mostrar uma entrevista feita com Heine e mostrar mais algumas imagens do projeto “Pencil Vs Câmera”



            Mudando a percepção da realidade – Parte II

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...